Buscar
  • Lenara Gonçalves

Catarata em cães e gatos

Com o passar dos anos, muitos cães e gatos começam a ficar com os olhinhos esbranquiçados, sem aquele brilho que antes era natural e bastante presente. Essa característica pode ser um sinal de esclerose de cristalino, comum da idade. Mas, muitas vezes, é preciso ficar atento à possibilidade de esse sintoma indicar outro problema: a catarata.


Quando o animalzinho desenvolve essa condição, a passagem de luz até a retina é bloqueada e prejudica a sua visão, podendo deixá-lo completamente cego. Algumas raças de cães são mais propensas a desenvolver catarata devido a fatores hereditários. Poodle, Cocker Spaniel, Schnauzer Miniatura e Bichon Frisé costumam ser bastante afetados. Já nos gatos, a hereditariedade não é fator tão comum para o desenvolvimento da condição.


Se você notar qualquer alteração nos olhinhos do seu filhote de quatro patas, me procure para tirar as dúvidas e receber tratamento e diagnóstico corretos.

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo