Buscar
  • Lenara Gonçalves

Tratamento para catarata em cães e gatos

Hoje eu fecho a série especial sobre a catarata e, por isso, vou falar com vocês sobre o tratamento dessa condição.


Existem alguns colírios no mercado que têm o intuito de prevenir ou retardar o surgimento e o desenvolvimento da doença, mas, o que se sabe, é que precisamos avançar nos estudos que comprovem a real eficácia desses medicamentos.


Hoje em dia, ao menos por enquanto, o tratamento mais indicado é a cirurgia. Ela consiste, basicamente, numa técnica chamada facoemulsificação. Por meio dessa técnica, se realiza uma pequena incisão na córnea e na cápsula do cristalino. Dessa forma, se acessa o córtex e o núcleo do cristalino, que serão fragmentados e aspirados pelo equipamento de facoemulsificação, deixando o saco capsular do cristalino livre para a implantação de uma lente intraocular. É essa lente que vai conferir nitidez e qualidade de visão. O processo é semelhante ao que é feito nos seres humanos, inclusive em relação aos equipamentos utilizados.


O interessante aqui é que a técnica em si já resolve boa parte do problema. Apenas com a cirurgia, o paciente já volta a enxergar. A lente é inserida para conferir um ganho na qualidade da visão.


A técnica é segura e muito eficaz, com um pós-operatório tranquilo para o animalzinho.


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo